domingo, 30 de junho de 2013

Festa de Aniversário sem estourar orçamento.

Share it Please
Ontem, 29 de junho, minha filha completou dois aninhos.
Antes de ser mãe, eu já comentava com algumas amigas que achava desnecessário fazer grandes festas nos primeiros anos de vida de uma criança. Dizia que a criança não tinha nenhuma percepção do significado de uma festa e que certamente toda aquela comemoração era muito mais para alegria dos pais. E é claro que eu ouvi de todas as mães com quem conversava a seguinte frase: “Você diz isto porque  ainda não é mãe. Quando tiver um filho, você vai ver, vai querer fazer tudo por ele, inclusive uma festança no seu primeiro ano de vida. Quando se é mãe é diferente”.
Para surpresa de todos, no primeiro aniversário da minha filha fiz uma pequena festa apenas para a família (pai, mãe, irmãos...). Eu queria comemorar no meu apartamento mesmo, porque sabia que seria um número pequeno de pessoas e não teria muitos gastos com decoração. Não consegui ser tão fiel ao meu desejo, porque fui bombardeada pela própria família para fazer a comemoração no salão de festas do condomínio. Por conta disto, gastei um pouco além do que desejava e não fiquei satisfeita com o resultado, pois o espaço era muito grande e não era bonito para tão poucas pessoas.
Pois bem, este ano eu fiz tudo exatamente como sempre quis. Realizei a festinha no meu apartamento e fiz a decoração como desejei.Tudo bem simples mais achei que ficou mais bonito e aconchegante.
Os gastos foram baixos. Usei a criatividade. Porque vocês sabem  que criatividade e falta de dinheiro, caminham juntas (né).


Comprei flores (gérberas), e usei os brinquedos para ajudar a compor a mesa.


As bexigas não podiam faltar.


Usei papel de seda para alegrar o ambiente.


O bolo foi feito por mim.
E não faltou amor, muito amor.
Não gastei nada além do que eu podia, e me sinto realizada. Rimos, brincamos e ela sem dúvida nenhuma entendeu que é muito amada por todos os que estavam presentes.

Contudo, percebi que a compreensão da minha filha está mudando e que agora ela já interage com crianças com mais prazer e por esta razão, decidi para o próximo ano fazer uma festa um pouco maior e com a presença de crianças. 
Para tanto, preciso me organizar financeiramente desde já, porque realizar festas não é nada barato e se eu não estiver com o orçamento em dia , sei que não farei.
Tenho certeza de uma coisa: Muito mais do que uma big festa e um orçamento estourado o que eu quero é saúde financeira para oferecer coisas mais duráveis e que de fato farão diferença na educação da minha filha.

Um abraço! Volte Sempre e traga mais amigos.

4 comentários:

Anônimo disse...

Caso a sua filha já esteja na escolinha no próximo ano, uma opção muito boa é realizar a festinha na própria escola com os amiguinhos de sala. Aposto q ela vai se divertir muito com os coleguinhas e o valor fica bem em conta também!
Caso faça questão de comemorar com a família vc pode realizar outra festinha como a desse ano em sua casa mesmo. Aposto que as duas festinhas somadas sairão mais baratas que uma grande festa em buffet especializado!!
Abs

Luciene Soares disse...

Olá Anônimo,
Bem lembrado sobre fazer a festa na escolinha, vou usar esta ideia. Quanto ao buffet, está totalmente fora de cogitação, além de ser muito caro,acho um pouco impessoal e não faz muito o meu estilo. Muito obrigada por sua contribuição. Um abraço!

Flora disse...

Parabéns Lu. Você sempre foi inteligente e eu tenho a mesma opinião que você. Sempre fiz as festas de aniversário do Vinícius em casa com os familiares e ele sempre entendeu perfeitamente que a festa era pra ele. Beijos. Flora

Luciene Soares disse...

Olá Flora, obrigada por seu comentário!
É importante que nossos filhos saibam que o afeto é o mais importante.
Abrç!

Blogroll

About